Lua Nova em Gêmeos/Vênus em Touro


Ao terminar a lunação taurina nas sombras do amanhecer dessa quarta feira, a Lua se fará Nova, envolta nos sopros mercuriais de Gêmeos.
Em ares maleáveis um respiro repleto de possibilidades...
Porém, noite adentro, Vênus ingressa em Touro e é certo que trará exigências impregnadas das percepções do si mesmo.
Será promissor perceber onde reina sobre você o apego.
Onde e quando são as posses, os desejos, os ciúmes e os ressentimentos que o possuem, fazendo com que você deixe de pertencer a si mesmo.
E então tente exercitar o desapego como a melhor forma de bem viver.
Não, não é nada fácil! Contudo, é totalmente ilusório exigir qualquer espécie de garantia diante da impermanência do tempo. Se você nem sequer tem certeza de onde seus pés o levam, imagine então se apegar aos passos de seus bem amados.
A ideia a ser posta em prática, com a lógica e determinação taurina é a seguinte: se o amor é a própria vida, viva a sua com sabedoria!
Tudo ao que você se agarra com unhas e dentes em sua trajetória é efêmero. A posse de seu corpo, a guarda de seus filhos, a caminhada junto ao companheiro, o ambiente profissional em que atua, o lar que construiu.
Desapego é refinar a percepção de que você é o único responsável por alimentar sua alegria ou paranoia. A escolha é sua!
É claro que a vida que você vive é a própria expressão de sua individualidade na Terra e que as pessoas que estão contigo nessa jornada, são tão valiosas quanto você o é.
Portanto, se quiser viver com leveza, pegue leve!
Nunca considere suas conquistas como definitivas.(Plutão em Capricórnio) Tenha a humildade de agradecer o milagre de cada dia e reconheça as dádivas que recebe (Júpiter em Câncer), conectando-se aos níveis mais elevados de consciência que o trouxeram até aqui(Netuno em Peixes).
Você está sujeito aos efeitos de seus próprios pensamentos, sentimentos, hábitos e ações, muito mais do que a qualquer fator externo que possa acontecer e afetar a sua vida. (Saturno em Escorpião)
Pois não é o que lhe acontece e sim a forma que você reage aos eventos (Lua), que determinam seu ritmo de aprendizagem e crescimento na arte de viver.
Por isso o desapego é tão importante! Largue mão de pensares e sentires que te ponham pra baixo e encontre um universo de estrelas boiando na calma de sua fonte do ser.    
Perceba que não existe vida real como você a vê. Existe apenas a realidade de cada um.
A paixão pela vida não deveria nunca expressar-se como um sentimento de posse.
E sim de êxtase e gratidão pelo amor que aprendemos a dar e a receber em seus infinitos matizes de encanto.




















Nenhum comentário:

Postar um comentário

Comente este artigo: